06 novembro 2007

Escutas no Chuveiro: DUMAS

Mais uma escuta no chuveiro, mas desta vez enviada por um(a) leitor(a) do blogue.
Mesmo tendo chegado de forma anónima, resolvemos publicar.
Por 24 principais motivos, dos quais destacamos três: 1. Está bem escrito; 2. Lança suspeições sobre quem escreve este blogue (e como é público, adoramos supeições e esta em particular ajuda a baralhar a identidade do Polvo); 3. Não é ofensivo para o visado Dumas (que não sabemos se é o Alexandre ou outro).

Cá vai:

Após uma reflexão intensa, sobre este assunto, lembrei um hit dos GNR.

Dumas, és como um vilão,
Movimentos indiscretos de alcatrão sujo
Rasgados por ROSAS e hortelãs,
Deitado oh Dumas, alheio a tudo,
Olhos penetrantes,
Pensamentos comprados.

No bar 101

Bebemos c'os lábios, refrescos envenenados (refrão)
Selamos segredos,
Erguemos bandeiras,
Em camara lenta como na TV,
Palavras a mais na idade dos "PORQUÊ"

Dumas, como que és vilão
Quem te visse deitado de cabelo molhado bastante enrolado
Saco cama envenenado,
Oh Dumas, roendo maçãs
A ver garrafas de minis boiando vazias nas ondas da manhã

No bar 101

Bebemos c'os lábios, refrescos envenenados,
oh dumas!
Em camara lenta como na TV,
Oh dumas..
Oh dumas..
Ooohhhh duumas...
Ooohhhh duumas..
Refrescos envenenados...
Como na Tv.
Ooohhhh duumas..


(Caro aspirante a Inspector: Escreva mais vezes. Mas para a próxima assine qualquer coisa. E não precisa enviar via "comentários"; mande-nos o seu contributo para opolvodastaipas@gmail.com)

7 comentários:

gaf disse...

" Camaradas"

Esta foi bem "volada"!
Quem esteja atento, só não entende, porque não quer.

De "dumas" estamos a ficar fartos, pois, atrapalhação e tentar "atrancar o céu com as pernas" é coisa que esse escriba faz em quantidade!

Mas, polvo é sempre polvo!

Inspector do Cattani disse...

Caro Gaf,
Deixe-me só reforçar que a escuta no chuveiro foi mesmo enviada por um comentarista do blogue e, infelizmente (porque está com piada), não foi resultado do trabalho de nenhum dos nossos investigadores internos.
Não sei se isso interessa alguma coisa, mas fica a nota.
Um abraço.

Anónimo disse...

Caros Camaradas;


Esta foi boa.... então os rosas juvenis(JS) andaram a espalhar o terror pela escola secundaria das taipas???!!!, sim pelo que ouvi andavam em angariação de socios para pagarem a dizima socialista, em ajuntamento com o tentaculo esquerdo do aparelho de cortar relva socialista camuflado do movimento atéu ( denominado por M.A.T.), após queixa apresentada pelos laranjas do chão ( JSD), em maus lençois deveria estar a lampreia Augusto ( Presidente executivo da Escola Secundaria das Caldas das Taipas)que por lei não pode permitir festas de movimentos politicos em escolas estatais.... mas como diz o professor Martelo cá do sitio eu por ai vou andando e assobiando.....

Por ultimo gostava só de referir que fresco fresquinho não tem mais.... o elemento reflexiano Paulo Dunas Reininho e Alexandre Beb'aqua (autor do livro de contos de fadas molestadas na sua infancia "Bubaque") não confundir esta especial personagem com um simples jogador da bola com o mesmo nome estão em vias de avançar com uma candidatura ao Movimento Socialista Artistico da Juventude Taipense..... é lá, agora até eu fiquei confuso.... bem peço desculpa vou ter que parar e repensar a noticia....ahh ok, Movimento Artistico Taipense ( M.A.T.) e Juventude Socialista (J.S.) , afinal não é uma candidatura, mas sim uma OPA ( oferta publica de t'achos)as colectividades obviamente ligadas a jardinagem......espero com esta noticia ter contribuido para esclarecimentos pubicos de todos os leitores deste magnifico porto de pesca.

Sem mais de momento,


O inspector

Anónimo disse...

A Criatividade.

É um perigo ser-se criativo numa Vila tão cinzenta. Esta acerção é tão verdadeira como o facto de alguns dos visados já terem comentado a "rasquice" deste blog!
Se digo isto é porque já ouvi comentários, diga -se, do piorio, ao Inspector do Cattani. Como, palpites acerca da identidade e filiação partidária, abundam e são traiçoeiros!
Todavia, na minha melhor opinião, aceito a brincadeira e entendo, melhor, "acho" a coisa bonita!
Ora, cercear a criatividade, e neste blog abunda e é de boa qualidade, é um acto de mentecaptos. Por isso e por muito mais que agora não vem ao caso, caro inspector, continue!
" Tivera eu arte e engenho" e muitos e, principalmente, um candidato a "Marcelo" ficariam com "as orelhas a arder"!
Podem crer, nunca disse coisa tão séria na vida!

paulo dumas disse...

Apesar do registo ao mesmo tempo cómico e subversivo que é assumido por este blog, obviamente que, ao lê-lo, cada um acredita naquilo de que é capaz intelectualmente e, menos obviamente, no que mais convém a quem o comenta.

Parece que de repente se tornou importante adivinhar qual a minha afinidade político-partidária. Esse é um assunto que não passará do campo da especulação, tal como parece ser tentar descobrir o(s) autor(es) deste blog. Nunca o disse a ninguém em quem voto e jamais me passaria pela cabeça divulgá-lo aqui. Neste aspecto estou como a saudosa Ivone Silva que dizia: “Com um simples vestido preto, eu nunca me comprometo”.

Mas para quem quer acreditar que me movimento num qualquer ‘campo de rosas’, poderia também imaginar cenários idílicos como por exemplo, arranjar 36 mil euros, que foi o orçamento do Guimarães Jazz 2007, para organizar o Rock in Taipas. Nem era mau de todo, pois não? Por outro lado, se houver quem acredite que cultivo um ‘pomar de laranjeiras’, também poderia imaginar que poderia oferecer um magusto nos claustros do convento de Santa Clara. Finalmente, para os que acreditam tenho uma colmeia de ‘abelhinhas’, deveria facilmente chegar à conclusão que estaria interessado em iluminar não o recinto da feira, mas a mente de muito boa gente.

Só uma nota para o anónimo das 0.27h, que deve ser com certeza um criativo. Sendo um dos visados nos comentários (não no post original, porque seria uma grande falta de humildade confundir-me com o Alexandre Dumas), clarifico-o que fui um dos que comentou um dos primeiros post’s deste blog, dando conta da satisfação com que o li. Essa satisfação mantém-se e espero que permaneça.

Nota: Mais ou menos ao mesmo tempo que alguém cantava ‘Dunas’ outro cantava ‘Rosa Flor’ e um muito internacional grupo português tocava ‘O Pomar das Laranjeiras’. Alguém se lembra?

Inspector do Cattani disse...

Caro Inspector Anónimo,
Isso é que foi uma investigação.
Obrigado por essa do "magnífico porto de pesca".

Caro Anónimo,
Vemos que entende o espírito aqui do blogue. Obrigado pelo comentário e vá aparecendo.

Caro Paulo Dumas,
Obrigado pelo comentário, pelos esclarecimentos e pelo desportivismo.

Abraços tentaculares

Inspector do Cattani

Anónimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu