17 janeiro 2008

S. Tomé e S. Cláudio estudam fusão

No seguimento da notícia anterior, descobrimos mais um boato infundado (ou talvez não) que queremos adiantar: S. Tomé de Caldelas e S. Cláudio de Barco terão reunido esta manhã para analisar uma possível fusão das duas freguesias.

Considerando a alta do petróleo e a crise que assola os EUA, os dois administradores estudam uma parceira estratégica que deverá resultar em economias de escala e ganhos para ambas as empresas.

“O novo grupo a criar tem já alguns activos comuns, nomeadamente o AvePark e o Barco Rock Fest, pelo que a fusão faz todo o sentido”, disse-nos S. Cláudio.


Confrontado com a pergunta sobre qual o nome a atribuir à nova entidade que resultará da fusão, S. Tomé disse que houve unanimidade na escolha de Taipas. “Uma vila, duas freguesias”, acrescentou sorridente.


Soubemos ainda que a fusão poderá dar origem a despedimentos, estando entre os nomes apontados quase toda a equipa de Constantino Veiga, actualmente a dirigir os destinos de uma das empresas.

Quanto às listas concorrente para a nova administração, para além de uma liderada por Américo Freitas, soubemos que é ainda possível que a lista derrotada esta terça-feira na assembleia geral do Millennium BCP se apresente também a votos.


As acções de ambas as empresas encerraram a sessão de ontem em alta.

3 comentários:

paulinho pauliteiro disse...

O misteiro reside nos 3 segredos de caldelas!!!

-Quem é o Simplesmente_tasqueiro?
-Quem é o Inspector Cattani?
-Quem é o Inspector do cattano?

Sera que temos que esperar que o bento venha de corveta as taipas?

Pistas...

Simplesmente- semeia o panico,diz-se que nao pretende viver ate mais que os 27 à boa maneira rockenrollar...

Cattani- parece que gosta de paulitar nas pernas do polvo

Cattano-diz-se que é amigo da malta,inclusive mesmo do cattani e do simplesmente,no entanto apesar de grande(diz-se) anda com pes de veludo

João Daniel Monteiro Silva disse...

Não brinque com coisas sérias inspector. A Deus o que é de Deus... A César o que é de César!
Mas, e aproveito a ocasião, para lhe apresentar os meus cumprimentos blogosféricos! Entenda-os como vindos de alguém que aprecia o seu sentido de humor... Suponho que vamos encontrar-nos muitas vezes aqui na blogosfera! Sempre saudavelmente assim o espero...

ajão disse...

Caro Inspector,

As águas estão agitadas. Como vê temos advinhos no meio desta estoria. Mas dar a Cesar o que é de Cesar é uma boa maneira de iludir a malta, pois, com que autoridade nos impele a dar a Cesar?! O Fisco, a Sáude, as Taxas, o IVA. e, já agora alguéma gosta de dar a CEsar sem receber de Cesar?
Só a ingenuidade de quem tripula "debarcoàstaipas"!
O homem promete, mas, coitado não sabe o que o espera!
Para bom conhecedor de alguns rudimentos de Economia, a estará, abertamente, de acordo com a fusão proposta, pois, estariamos perante uma economia de escala e do princioo do "grandes numeros matemáticos".
Ora, qualquer leigo sabe das sinergias que tal facto provoca, ou seja, mais poder de compra junto da Câmara, pois, se podem comprar mais oobras, mais susbsidios, porque a empresa tem potenciale poder negocial!
Esperemos que a susbscrição em Bolsa se faça tendo em conta o principio do "capitalismo popular", porquanto, convém que todos os habitantes dessas terras lhe vejam atribuído uma acção do capital social. Assim, deste modo evitam -se os "grandes investidores institucionais, mas, fundamentalmente - A Cãmara de Guimarães!

Caro Inspector, como será natural , e eu sei de fonte segura o presidente do Conselho de Administração será, sem qualquer dúvida, Américo de Freitas! E, ele, que até não é parvo, óbviamente, me contratará para dar image!

E, "Depois,do Adeus", será o fim do Marcelo, condutor auto - rodas, que ficará a assobiar em dobrado porque deixa de ter temas para escrever []!

Viva a Economia de mercado e Vivam as fusões!

Um abraço inspector e sempre boas "malhas"!

Ajão